QUEM SOMOS
Defendemos a qualidade do ar
em prol da saúde das pessoas.
Conheça o Instituto Ar, a voz da saúde no debate climático.
O Instituto Ar conecta a saúde ao debate climático e contribui para o fortalecimento de ações de combate às emissões atmosféricas. Aspira a melhoria das condições ambientais vinculadas ao ar, que garantam mais saúde para a população brasileira, em especial os grupos de risco e os mais vulneráveis.

Desde 2008 empenha-se em produzir e difundir conhecimentos embasados na ciência, apoiar os tomadores de decisão e fomentar o empoderamento cidadão no enfrentamento climático.

Sobre nós
Missão e Valores
Entenda mais sobre nosso propósito e quais princípios norteiam o Instituto Ar.
Missão
Defender a saúde como um tema central nas questões climáticas, a partir da produção de conhecimento, comunicação e atuação em políticas públicas, na perspectiva de um desenvolvimento sustentável e justo.
COLABORAÇÃO
Construção de pontes e diminuição de barreiras

COMPROMISSO
Integridade, ética e responsabilidade promovem melhores escolhas

EXCELÊNCIA
Profissionalismo, rigor técnico, independência e transparência na produção do conhecimento e atuação
valores
SENSO DE URGÊNCIA
Não deixar para amanhã as vidas que devem ser salvas hoje

OUSADIA
Em levar a saúde para o centro das discussões de políticas ambientais
Teoria da Mudança
Advogacy, incidência política e litigancia climatica estratégica
Comunicação da causa e engajamento
Educação, capacitação e formação
Linhas de atuação
Conheça as atividades que realizamos com foco no alcance de resultados de impacto que possam garantir um país com ar limpo para a saúde e o meio ambiente.
RESULTADOS DE
LONGO PRAZO
Sociedade consciente, informada, participativa e ativa
Saúde como prioridade no combate á crise climática
Adoção
de práticas
sustentáveis e
redução da emissão de poluentes atmosféricos por parte do setor privado
Atuação
governamental
eficiente e efetiva
para a redução das
emissões de poluentes
atmosféricos
Brasil com ar limpo para a saúde e o meio ambiente
Visão
de impacto
Consultoria e suporte técnico
Pesquisas e publicações
Articulação de redes
Projetos e eventos de impacto socioambiental
História
O Instituto Ar foi idealizado pela médica Evangelina Araújo e estabelecido em dezembro de 2008, em São Paulo, por um grupo multidisciplinar de 64 associados, composto por um terço de médicos e dois terços de profissionais de outras áreas.

A singular união entre saúde, clima e poluição do ar representa a marca distintiva do Instituto Ar. Esta característica, aliada à habilidade de promover colaborações intersetoriais em prol de um objetivo comum, constitui nossa maior força.
Por meio da organização e tradução clara do conhecimento científico em informações acessíveis à sociedade, mobilizamos cidadãos, governos e instituições para fortalecer os direitos em saúde e construir políticas públicas.

Com isso, o Instituto Ar torna-se uma referência de qualidade em informação sobre os impactos climáticos na saúde humana e na formulação de soluções para políticas de melhoria da qualidade do ar. Reconhecemos a preservação da vida e do meio ambiente como elementos fundamentais de direitos humanos.
How to create an HTML element using jQuery?
  1. 2008


    - O Instituto Ar foi idealizado e estabelecido em 2008 como Instituto Saúde e Sustentabilidade, em São Paulo (Em 2023 passou a se chamar Instituto Ar).

  2. 2010


    - Publicação do livro “Meio ambiente e saúde: o desafio das metrópoles”.


  3. 2012


      - Paulo Saldiva e Evangelina Araújo são co-autores do capítulo Saúde e Meio Ambiente no livro Mundo Sustentável 2, do jornalista André Trigueiro.


      - Ação de engajamento Ativa Sampa é realizada na ONG Brasil em parceria com a Iniciativa Latino-americana para o Transporte Ativo, ILATS.

  4. 2013


    - Publicação da primeira pesquisa de avaliação dos impactos da poluição do ar na saúde da população do Estado de São Paulo.


    - Co-realização da Virada da Mobilidade.

  5. 2014


    - Evangelina Araújo é homenageada pela Associação Paulista de Medicina em celebração ao Dia Internacional da Mulher, por sua importante atuação na área da saúde e meio ambiente.


    - Cooperação técnica é firmada junto ao Ministério Público Federal.


    - Lançamento da primeira avaliação do Monitoramento da Qualidade do Ar no Brasil.


    - Lançamento de estudo de projeção de impactos em saúde decorrentes da poluição atmosférica em São Paulo.


    - Lançamento de estudo sobre os efeitos da poluição do ar na saúde da população do Rio de Janeiro.

  6. 2015


    - Realização da primeira Virada da Saúde em São Paulo, o maior evento de saúde do calendário da cidade.


    - Publicação de estudo sobre os impactos em saúde pública da utilização do biodiesel na matriz energética do transporte.


    - Publicação de artigo sobre poluição do ar em São Paulo na Revista Brasileira de Estudos de População.


    - Lançamento de síntese de evidências para políticas de saúde junto ao Ministério da Saúde.

  7. 2016


    - Realização da primeira Virada da Saúde em Florianópolis.


    - Realização da segunda Virada da Saúde em São Paulo.


    - Evangelina Araújo é eleita uma das 100 Mais Influentes da Saúde.


    - Instituto Ar é contemplado em edital do Greenpeace para a realização da primeira pesquisa em saúde decorrente do Desastre de Mariana.

  8. 2017


    - Publicação de estudo sobre os impactos na saúde da transição energética na frota de ônibus em São Paulo junto ao Greenpeace.


    - Projeto “Saúde É: Saúde Colorida” nas escolas públicas de São Paulo, com apoio do FUMCAD, leva cultura para 5 mil crianças.


    - Publicação de análise de relatório de qualidade do ar da Cetesb, sob a perspectiva da saúde.

  9. 2018


    - Lançamento de manifesto em defesa dos padrões de qualidade do ar junto à sociedade civil organizada.


    - Publicação da pesquisa com dados de poluição do ar durante a greve dos caminhoneiros.


    - Publicação de artigo sobre os impactos na saúde pública da implementação do biodiesel no transporte na revista AAQR.


    - Lançamento da campanha Medicina e Sociedade em parceria com a Associação Paulista de Medicina, e o anúncio do manifesto “Um minuto de ar limpo”.


    - Publicação de artigo sobre a saúde dos moradores afetados pelo desastre da Samarco em Barra Longa/MG na revista Ambiente e Sociedade.

  10. 2019


    - Publicação de artigo “a saúde: à luz da tragédia de Mariana” na revista Diálogos Socioambientais na Macrometrópole Paulista.


    - Lançamento do relatório de análise do monitoramento de qualidade do ar no Brasil junto ao Ministério Público Federal.


    - Lançamento do estudo sobre avaliação do impacto da implementação da fase P-8 do Proconve com apoio do Instituto Clima e Sociedade.


    - Publicação de estudo sobre os impactos na saúde pública da implementação do gás no transporte.


    - Participação em audiência sobre a Resolução 491/2018 com o MPF e Raquel Dodge.


    - Resultado de impacto: apresentação da ADI pela PGR para a atualização dos padrões de qualidade do ar.

  11. 2020


    - Entrada no Grupo de Trabalho de Qualidade do Ar no Ministério Público Federal.


    - Audiência junto à ministra Cármen Lúcia em defesa de ação (ADI 6148) sobre padrões de qualidade do ar.


    - Lançamento da campanha Inimigo Invisível junto à Coalizão Respirar em combate as mudanças de prazos do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve).


    - Manifesto “Queremos respirar no ‘novo agora’” junto à Coalizão Respirar.


    - Ativação da campanha Mobilidade Sustentável nas Eleições de São Paulo junto à Rede Mobilidade e Clima.

  12. 2021


    - Publicação do artigo “Análise do monitoramento da qualidade do ar no Brasil” na Revista de Estudos Avançados.


    - Publicação de relatório sobre monitoramento da qualidade do ar no Acre com equipamentos de baixo custo.


    - Inauguração da Iniciativa Médicos Pelo Ar Limpo.


    - Resultado de impacto: Padrões de qualidade do ar avançam no Estado de São Paulo.


    - Realização do Urban95 Convening, evento anual da Fundação Bernard Van Leer, sobre qualidade do ar e primeira infância.


  13. 2022


    - Atuação como amigo da corte em julgamento no Supremo Tribunal Federal sobre padrões de qualidade do ar.


    - Resultado de impacto: Brasil tem até 2 anos para atualizar padrões de qualidade do ar segundo recomendações da OMS.


    - Resultado de impacto: Política Nacional de Qualidade do Ar aprovada na Câmara dos Deputados.


    - Participação na COP 27 e correalização de evento no Brazil Climate Action Hub.


    - Resultado de impacto: Prefeitura de SP determina que novos ônibus sejam elétricos.

  14. 2023


    - Reposicionamento da marca e mudança de nome para Instituto Ar.


    - Participação em sessão de debates no Senado a respeito da Política Nacional de Qualidade do Ar.


    - Lançamento da Declaração pelo Ar Limpo e pela Justiça Climática junto a Coalizão Latinoamericana pelo Ar Limpo, ALAire.


    - Realização do primeiro Encontro Monitoramento do Ar na Amazônia em Brasília junto ao Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima.

Newsletter
Inscreva-se em nosso boletim mensal e não perca atualizações!

Fique por dentro das nossas novidades e receba as últimas notícias e análises sobre saúde, mudanças climáticas e poluição do ar em sua caixa de e-mail.